Home > Botânica > Taxonomia Vegetal > Reino Plantae > Plantas vasculares sem sementes > Divisão Lycophyta  
  Botânica
  Fotos
  Manuais
  Especiais
 

DIVISÃO LYCOPHYTA

- Existem várias espécies de Lycophyta extintas, muitas delas arbóreas, que predominaram a aproximadamente 360 milhões de anos, no Período Carbonífero (era Paleozóica). Sua extinção aconteceu no final da era Paleozóica, no período Permiano (aproximadamente 248 milhões de anos), época em que surgiram as primeiras coníferas.

- Todas as Lycophyta, atuais e fósseis, possuem microfilos, um tipo de folha altamente característico da divisão.
- As três famílias atuais de Lycophyta são basicamente ervas. São elas:
Lycopodiaceae, Selaginellaceae e Isoetaceae.

Lycopodiaceae

- A maioria das 400 espécies é tropical. Entretanto, suas espécies são distribuídas desde as regiões árticas, até as tropicais. Maior parte é epífita.
- O esporófito (planta adulta) consiste de um rizoma (tipo de caule típico de pteridófitas) ramificado que ramos aéreos e raízes.
- Em geral, os microfilos são dispostos espiraladamente ao redor dos ramos.

Membro da família Lycopodiaceae, espécie Lycopodium clavatum. Observar os estróbilos na extremidade dos ramos


- Os esporângios ocorrem na parte superior dos microfilos (que neste momento são chamados de esporofilos: folhas que contém esporângios). Exceto em Lycopodium, que apresenta estróbilos nas extremidades dos ramos.
- São homosporadas. Após a germinação dos esporos, formam-se gametófitos bissexuados. A água ainda é necessária para a fecundação (anterozóide biflagelado).

Selaginellaceae

- Selaginella é o único gênero desta família.

Representante do gênero Selaginella.


- Maioria das espécies com distribuição tropical. Algumas de deserto, tornando-se dormentes nas épocas mais quentes.
- O esporófito é herbáceo apresenta micrófilos, formando estróbilos.
- São heterosporadas, com gametófitos unissexuados.
- Anterozóides biflagelados (dependência da água).

Suas pequenas folhas (os microfilos) são dispostos na face dorsal (duas fileiras com folhas maiores) e na face ventral (duas fileiras com folhas bem reduzidas)

Selaginella novae. Observar o detalhe dos microfilos dorsais e ventrais.

 

Selaginella trisulcata
Selaginella arbuscula

 

Isoetaceae

- Único membro da família é o gênero Isoetes. Podem ser aquáticas ou viver em locais alagados em certas épocas do ano.

Isoetes gunnii.


- O esporófito consiste de um caule subterrâneo, curto e suculento (cormo), do qual partem os microfilos.
- Este cormo é originado a partir de um câmbio, responsável pelo crescimento secundário. Importante característica que diferencia esta família das outras Lycophyta.
- São heterosporados, formando gametófitos unissexuados.
- Algumas plantas de altas altitudes têm a característica de extrair seu carbono para a fotossíntese a partir do sedimento, e não a partir da atmosfera. Suas folhas praticamente não apresentam estômatos, possuem cutícula espessa e basicamente não fazem trocas gasosas com a atmosfera.

Isoetes melanospora

 


 

   Termos de uso | Links | A equipe | Contato | |