Home > Manuais > Catálogo de orquídeas > Gênero Cattleya  
  Botânica
  Fotos
  Manuais
  Especiais
 

Orquídea Cattleya (catléia)
Gênero: Cattleya
Nome comum: Catléia

Provavelmente é a orquídea mais popular de todas, por sua beleza, perfume e disponibilidade no mercado. Largamente cultivado, este gênero é conhecido pelos seus incontáveis híbridos, obtidos inclusive cruzando este com outros gêneros de orquídeas. Atualmente, encontram-se exemplares vendidos a preços muito acessíveis, contribuindo para sua grande popularidade. Sua flor é grande, vistosa e exala um perfume doce capaz de envolver o ambiente em que se encontra.

Veja nossa galeria de fotos de Cattleya

(Clique nas imagens para vê-las em tamanho grande)

As fotos disponibilizadas nesta galeria são todas de autoria de Silvia Schaefer. Estão disponíveis para download gratuitamente, exceto para fins comerciais. Neste caso, entre em contato com a autora. Pedimos ao usuário a gentileza de citar a fonte da imagem. Se publicada em sites, blogs ou afins, favor colocar um link para o www.biologados.com.br

Origem: são nativas do México, América Central e América do Sul.

Hábito de vida: são principalmente epífitas, ou seja, crescem sobre troncos de árvores. Estes troncos não necessariamente precisam estar vivos. É comum vê-las habitando sobre troncos de árvores mortas, caídas. Isso prova que as orquídeas não são parasitas, ou seja, não sugam a seiva das plantas, e sim, apenas as utilizam como suporte.
Mais raramente, tem hábito rupícola (cresce sobre rochas) ou terrestre. Isso acontece com apenas poucas espécies, como C. forbesil, C. intermédia , C. mendelii , C. percivaliana, entre outras.

Morfologia: o gênero Cattleya é dividido em dois grupos, as monofoliadas e as bifoliadas.
Monofoliadas, unifoliadas ou labiatas: uma folha por pseudobulbo. Este grupo apresenta número pequeno de flores, em geral quatro por florada, mas estas são grandes, vistosas, com labelo colorido e chamativo. A florada dura entre duas e três semanas. A haste caulinar neste grupo é expandida, adaptada à reserva de água, para manter a planta em seu período de dormência.
Bifoliadas: duas ou, em alguns casos, três folhas por haste caulinar. As flores neste grupo são menores quando comparadas às monofoliadas, mas o número por florada pode chegar a vinte ou mais. Nas bifoliadas, a haste caulinar é fina e pode ter desde alguns centímetros de altura até mais de 1 m.

Clique aqui para ver dicas de cultivo

 

   Termos de uso | Links | A equipe | Contato | |