Home > Manuais > Manual de cultivo de orquídeas em troncos > A escolha do local  
  Botânica
  Fotos
  Manuais
  Especiais
 

Manual de cultivo de orquídeas em troncos

1. A escolha do local

Isso é fato: é a orquídea que escolhe o lugar onde quer crescer, e não o contrário. Portanto, se você quer colocar aquela orquídea linda, cheia de flores, na mesa de centro da sala para mostrar para a visita, conforme-se. Pode ser que a orquídea não goste deste local. Ela vai demonstrar isso pela coloração de suas folhas, pela sua taxa de crescimento, retenção das flores. A florada costuma durar mais de um mês em algumas espécies. Se ela acabou de florir e suas flores começarem a murchar, você colocou sua orquídea no lugar errado. Observe se ela está perdendo a cor, se está ou não emitindo novos brotos. Se ela estiver saudável, vai demonstrar isso na sua aparência.

Se ela não estiver gostando do local onde você a colocou, troque de lugar, até ela se adaptar. Não fique triste se ela gostar de um cantinho do banheiro. Se ela estiver feliz, vai recompensá-lo com lindas flores.

Dica: elas gostam de lugares iluminados, mas sem luz do sol direto em cima delas. Vento em demasia também não é legal. Lembre-se que as orquídeas originalmente vivem em troncos de árvores, em locais sombreados e úmidos, protegidos do vento em excesso.

Ao ar livre elas também vão muito bem, desde que estejam protegidas do sol e vento em demasia.

Tópicos apresentados:

 

 

   Termos de uso | Links | A equipe | Contato | |