Home > Manuais > Manual do gato > Gatos também se perdem  
  Botânica
  Fotos
  Manuais
  Especiais
 

Gatos também se perdem

Gato tem fama de bicho que adora passear pela vizinhança de nunca se perde. Sempre volta pra casa, sabe marcar o caminho. Eu também pensava assim, até que a minha gatinha Lelinha resolveu dar sua saidinha matinal e não voltou mais.

Fiquei desesperada, achando que algo pudesse ter acontecido, como ingestão de veneno ou maus tratos por parte de alguém que não gosta de gatos. Mas eu pensei: calma, ela volta, só foi dar um passeio mais longo. Gatos sabem voltar para casa. Anoiteceu e nada da Lelinha voltar. Fui dormir preocupada, mas ainda com esperança de ela voltar por conta própria. Quando acordei, corri para o sofá, onde ela costuma dormir. Ela não estava lá.

Fiquei muito aflita, mas resolvi dar mais um tempo. O dia passou e a gata continuou desaparecida. Chamei pelo quintal, na esperança de ela ouvir minha voz e voltar. Fiz isso várias vezes e nem sinal. Aí eu decidi procurá-la na rua. Mas durante o dia a chance de sucesso é mínima, pois gatos costumam se esconder com o barulho da rua ou das pessoas quando estão em ambiente desconhecido. Esperei até por volta de 22:00 h e saí na rua chamando.

Estava tudo quieto. Quando eu estava chegando no final da quadra e estava passando na frente de um grande terreno baldio, uma vozinha respondeu ao meu chamado. Era ela!!! Chamei novamente e ela respondeu. Gatos reconhecem a voz do seu dono mais do que qualquer coisa. Mas como o muro era muito alto, não consegui vê-la. Saí correndo até em casa, peguei uma escada e uma lanterna, e olhei por cima do muro.

Lá estava ela, com uma cara de assustada, miando e dando voltas no mesmo lugar, como se quisesse dizer: -“mamãe, vem me pegar”. Eu conversei com ela, chamei, e depois de uns minutinhos ela fez um grande esforço e escalou o muro. Ela desceu e ficou se enroscando nas minhas pernas, muito feliz. Seguiu-me até em casa e foi direto para o pote de comida. Estava faminta.

Final da história, tudo acabou bem. Mas a conclusão que eu tirei disso é que os gatos não são tão independentes da gente quanto aparentam. Muitas vezes não se viram sozinhos tão bem assim. Afinal, minha gata ficou quase dois dias fora, perdida a apenas quatro terrenos à direita da minha casa. Isso equivale há mais ou menos 60m. Portanto todo o cuidado com eles é pouco.

Veja nossa galeria de fotos de gatos

 

   Termos de uso | Links | A equipe | Contato | |